Jovens moçambicanos têm oportunidade de ingressar na ONU

5 agosto 2011

Do processo de selecção participam candidatos de mais 75 países incluindo Angola, Brasil e Portugal; lista de países é baseada no número de funcionários empregados pela ONU.

[caption id="attachment_202702" align="alignleft" width="350" caption="Lista de países participantes no Programa Jovens Profissionais é baseada no número de funcionários empregados pela ONU"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Jovens moçambicanos podem concorrer e ingressar nas  Nações Unidas, até 10 de Setembro,  através do Programa Jovens Profissionais. O concurso destina-se a candidatos com o máximo de 32 anos, curso superior completo e conhecimentos de inglês ou francês;

Os inscritos devem passar por um teste de cultura geral, pensamento analítico, redacção e questões internacionais, juntamente com candidatos de mais 75 países incluindo Angola, Brasil e Portugal.

Funcionários

A lista de países participantes varia a cada ano e é baseada no número de funcionários empregados pela ONU.

Falando à Rádio ONU, em Nova Iorque, o português Miguel Mourato Gordo, técnico de Recursos Humanos que ingressou na organização através do concurso, relatou a sua experiência nas Nações Unidas.

“Os objetivos fundamentais continuam a ser atrair talento, especialmente de jovens profissionais, para a ONU. Particularmente, de países ou de nacionalidades de países que não atingiram ainda a cota de representação dentro da organização”, explica.

O site https://careers.un.org/lbw/home.aspx?viewtype=NCE  oferece detalhes acerca da iniciativa, cuja partipação é gratuíta.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud