Noruega diz que ataques foram contra os futuros líderes políticos do país
BR

25 julho 2011

Em entrevista à Rádio ONU, diplomata afirma que extremista não vai conseguir mudar a sociedade norueguesa.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

Os ataques terroristas, na sexta-feira, foram um atentado contra a futura geração de líderes políticos do país.

A declaração foi dada à Rádio ONU pelo encarregado de negócios da Missão noruguesa junto às Nações Unidas, Gjermund Saether. Ele discursou, nesta segunda-feira, na Assembleia Geral, para centenas de jovens que participam do Encontro de Alto Nível sobre Juventude.

Ilha

A maior parte das vítimas fatais do extremista Anders Behring Breivik, 32 anos, estava participando de um encontro da Juventude do Partido Trabalhista, a ilha de Utoeya, quando foram atacadas.

“Essa foi uma ação extremista. Esse foi um massacre dos futuros líderes noruegueses. Mas a nossa mensagem é bem clara: nós não vamos mudar a nossa sociedade. Nós vamos continuar com uma sociedade aberta e inclusiva. Este terrorista que causou todas estas mortes, ele não vai mudar a nossa sociedade. Ele não vai mudar a nossa maneira de fazer política”, afirmou.

Nesta segunda-feira, autoridades da Noruega revisaram o número de vítimas fatais de 93 para 76.

Sites Extremistas

Segundo agências de notícias, o autor confesso dos ataques foi ouvido pela justiça da Noruega, nesta segunda-feira, e ficará preso por dois meses.

A mídia local informou que muitos jovens continuam desaparecidos.

Ainda na entrevista à Rádio ONU, o diplomata norueguês afirmou que informações da polícia do país indicam que Behring Breivik teria levado anos planejando os ataques. E, que apesar de participar de sites extremistas na internet, ele procurou não chamar a atenção da polícia.

*Apresentação: Luisa Leme, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud