Uganda elogiado pela eliminação de tétano materno e neonatal

14 julho 2011

País africano é o 20º. do mundo a conseguir o feito; contaminação de recém-nascidos pode ocorrer via cordão umbilical ao ser colocada cinza ou estrume de vaca.

[caption id="attachment_201564" align="alignleft" width="350" caption="Erradicação da doença é resultado de campanha de vacinação no país"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU, em Nova Iorque.

O Fundo da ONU para a Infância, Unicef, elogiou os esforços empreendidos pelo governo ugandês para que o país se tornasse na 20º. nação livre do tétano materno e neonatal

Em comunicado, emitido esta quinta-feira, a agência aponta que 2 milhões de mulheres e crianças foram vacinadas contra a doença entre 2002 e 2009. O programa apoiado pelo Unicef foi implementado em 25 distritos de alto risco.

Cordão Umbilical

A contaminação dos recém-nascidos pode ocorrer via cordão umbilical, no momento de corte com instrumento infectado ou quando se coloca cinza ou estrume de vaca. A prática tradicional é comum em alguns países africanos.

Quando infectado, o recém-nascido pode sofrer espasmos musculares que podem levar à interrupção da respiração.

Cuidados Médicos

O tétano materno-infantil está entre as mais causas mais frequentes de morte devido à fraca higiene nos partos ou práticas de tratamento do cordão umbilical. Com a evolução do tétano, as taxas de mortalidade  são elevadas, especialmente  na ausência de cuidados médicos.

Áreas de Maior Risco

As directrizes da Organização Mundial da Saúde, OMS, prevêm que a doença seja declarada eliminada quando durante determinado período, não ocorre um registo de casos em áreas de maior risco.

Em 2010, o Uganda declarou ter erradicado a doença e, este ano, a medida foi confirmada por um inquérito de validação que certificou o sucesso da campanha de imunização.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud