Machu Picchu celebra aniversário de 100 anos de descobrimento
BR

7 julho 2011

O local, considerado testemunho único da civilização Inca, foi incluído na Lista do Patrimônio Mundial da Unesco em 1983; Machu Picchu foi colocado sobre alta vigilância alta pela Unesco e autoridades peruanas.

[caption id="attachment_200680" align="alignleft" width="350" caption="Machu Picchu está na lista de Patrimônios Mundiais da Unesco sob alta vigilância"]

Daniela Gross, Rádio ONU em Nova York.

Considerado uma das mais impressionates criações urbanas do Império Inca,  Machu Picchu completa 100 anos de descobrimento neste mês de julho. Os valores culturais e naturais do local fizeram com que ele fosse incluído em 1983 na Lista do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco.

Autoridades de turismo afirmam que Machu Picchu é vistado por meio milhão de pessoas todos os anos. É também é um dos pontos culturais mais importantes da América Latina.

Projeto Arquitetônico

Problemas como desmatamento, risco de deslizamento de terra, desenvolvimento urbano descontrolado e acesso ilegal ao santurário fizeram com que o Comitê do Patrimônio Mundial colocasse Machu Picchu sobre alta vigilância desde 2008.

Localizado na cordilheira dos Andes a 2,430 metros acima do nível do mar, o santuário histórico cobre uma área de mais de 32 mil hectares. De acordo com a Unesco, Machu Picchu é um dos maiores exemplos de uso de material bruto em um projeto de arquitetura notável.

Os vales ao redor da atração são cultivados por mais de 1000 anos, numa demonstração produtiva da relação do homem com a Terra. Segundo a Unesco, a forma de vida das pessoas na área ainda lembra muito o estilo dos Incas, com uma dieta baseada em batatas, milho e alpaca.

Cerimônia

Como parte das celebrações do 100 anos de descobrimento de Machu Picchu, mais de 400 pessoas da comunidade camponesa participam, nesta quinta-feira, de uma cerimônia religiosa Inca. O ato será realizado no chamado cemitério, localizado ao lado do escritório de vigilância no topo do santuário.

O objetivo da cerimônia é enfatizar a identidade Inca.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud