ONU saúda banimento de passagem de auxílio para a Somália

7 julho 2011

Medida foi anunciada esta quinta-feira pelas milícias al-shabaab, que combatem as  forças do Governo Federal de Transição da Somália.

[caption id="attachment_200672" align="alignleft" width="350" caption="Uma em cada três crianças somalis é malnutrida"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU, em Nova Iorque.

As Nações Unidas saudaram o anúncio de insurgentes Al-Shabaab sobre o levantamento do banimento da passagem do auxílio internacional e pediram garantias que os seus funcionários não serão alvos de ataques ou cobranças.

Em nota, o Coordenador Humanitário da ONU para a Somália, Mark Bowden, disse estar “aberto a cooperar com quem ajude a aliviar a crise e possa ajudar a salvar a vida de centenas de somalis.”

Crianças Malnutridas

As milícias  al-Shabaab, que combatem as  forças do Governo Federal de Transição da Somália, anunciaram esta quinta-feira o levantamento do banimento de dois anos.

A Somália, sem governo funcional desde 1991, é assolada por conflitos faccionais após o colapso da administração liderada por Muhammad Siad Barre.

Aumento da Assistência

Bowden, que anunciou estar preparado para aumentar a assistência ao sul da Somália, disse precisar de garantias que os trabalhadores humanitários poderão operar com segurança  sem que as agências sejam cobradas.

De acordo com o Escritório da ONU para Assistência Humanitária, Ocha, milhares de somalis, especialmente do sul, passam fome e outro tipo de carências.

Pelo menos uma em cada três crianças somalis é malnutrida e, em partes do sul, teme-se que bolsas de fome ocorram em zonas inacessíveis para  as agências humanitárias. As áreas sob o controlo das milícias  al-Shabaab albergam cerca de 80% das crianças malnutridas da Somália.

No primeiro semestre de 2011, o número de crianças malnutridas aumentou de 376 mil para 476 mil, e prevê-se uma subida nos próximos meses.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud