ONU: 140 milhões na Europa não têm acesso à agua e a saneamento
BR

4 julho 2011

Tema será debatido em workshop sobre acesso igual aos serviços, organizado pela Comissão Econômica das Nações Unidas, aberto nesta segunda-feira, em Genebra.

[caption id="attachment_200121" align="alignleft" width="350" caption="Workshop da Unece começa nesta quarta"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Comissão Econômica das Nações Unidas para a Europa, Unece, informou que 140 milhões de pessoas no continente não têm acesso à agua potável e a saneamento básico.

De acordo com a agência, os números “escondem desigualdades importantes entre economias em transição e os países Europa Ocidental.

Minorias Étnicas

Uma outra causa para o problema são as disparidades dentro de um próprio país, onde moradores de áreas rurais e das classes mais baixas não tem como pagar pelos serviços.

A falta de acesso a água e saneamento de 140 milhões de europeus está sendo debatida num workshop sobre o tema, aberto em Genebra, nesta segunda-feira. O evento é apoiado pela Unece e coordenado pelo governo da França.

Entre os grupos sem acesso à água na Europa estão os povos Roma, também conhecidos como ciganos, minorias étnicas e pessoas com deficiência.

O workshop pretende identificar boas práticas e lições aprendidas para a formulação de políticas que possam solucionar o problema.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud