Aumentam casos de cólera no Haiti e na República Dominicana, diz OMS
BR

24 junho 2011

Agência da ONU informou que mais de 18 mil novos casos foram notificados na capital do país, Porto Príncipe.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde afirmou que o número dos casos de cólera está subindo no Haiti.

Um porta-voz da agência disse a jornalistas, nesta sexta-feira em Genebra, que o aumento está ligado, parcialmente, ao começo da estação de chuvas e enchentes que atingiram a capital.

Início do Surto

Mais de 18 mil novos casos de cólera foram notificados em Porto Príncipe, elevando o total das contaminações para cerca de 345 mil desde o início do surto em outubro.

O porta-voz do Batalhão Brasileiro na Missão de Estabilização no Haiti, Minustah, coronel Jorge Roberto Lopes Fossi, falou à Rádio ONU, de Porto Príncipe, sobre a situação no país.

Fase Inicial

"Choveu bastante aqui a partir da segunda quinzena do mês de maio até a primeira quinzena do mês de junho. Isso gera uma consequência diretamente relacionada às condições de higiene da população, que favorece a transmissão do coléra. Realmente tivemos um aumento no número de casos, em uma proporção um pouco maior do que já se vinha tendo na fase inicial do ano, mas muito abaixo ainda em comparação com os números do ano passado. Hoje, embora tenhamos a situação bem mais controlada, entre o final de maio e o início de junho nós tivemos um aumento no número de casos, muito ligado ao aumento das chuvas”, explicou.

O surto já matou cerca de 5,4 mil pessoas no Haiti. Casos de contaminação também aumentaram na República Dominicana. Já são mais de 1,7 mil infecções e 46 mortes.

*Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud