Entrevista: António Guterres

20 junho 2011

Alto comissário das Nações Unidas para Refugiados e antigo primeiro-ministro de Portugal, António Guterres, fala à Rádio ONU sobre a situação de quase 44 milhões de pessoas que são obrigadas a deixar suas casas por causa de violência, perseguição e outros problemas. Deste total, cerca de 15,4 mil são refugiados.

Nesta entrevista, concedida desde Genebra, Guterres chamou a atenção para a necessidade de dar mais apoio internacional aos países do Hemisfério Sul, que acolhem 80% dos refugiados.

Cplp

Guterres aponta para o que ele chamou de “redução de refugiados entre países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, Cplp, mostrando que existe uma nova leva de pessoas que mudam entre esses países, em vários casos migrantes à procura de uma vida melhor.

No âmbito da comemoração do Dia Mundial do Refugiados, o alto comissário relançou o seu apelo aos países desenvolvidos para que mantenham as suas fronteiras abertas e considerem as candidaturas de asilo dos necessitados como consequência das crises no Norte de África e Médio Oriente.

Acompanhe a entrevista concedida a Mônica Villela Grayley e Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.

Tempo: 4´09´´

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud