“Perímetro de protecção” em redor da base da ONU em Kordofan-Sul

17 junho 2011

Medida visa apoiar milhares de desalojados internos concentrados no exterior do recinto; confrontos armados prosseguem entre forças do norte e sul do Sudão.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas no Sudão, Unmis, anunciou, esta sexta-feira, que mantém um “perímetro de protecção” em redor sua base na capital do estado sudanês de Kordofan-Sul. A medida visa prestar apoio a milhares de desalojados internos concentrados no exterior do recinto.

De acordo com a ONU, prosseguem confrontos armados, iniciados no princípio do mês, opondo as Forças Armadas do Sudão e o Exército Popular de Libertação do Sudão, Spla, do sul.

Protecção Militar

Segundo a missão, forças de manutenção da paz continuam a providenciar protecção militar ao armazém do Programa Mundial da Alimentação, PMA, e outros locais-chave em Kadugli.

Em declarações à imprensa, em Nova Iorque, o porta-voz do Secretário-Geral, Martin Nesirky, disse que a  intervenção dos capacetes-azuis inclui acções com vista a  fornecer alimentos e assistência médica aos desalojados.

Segurança

Segundo o porta-voz, a segurança na base é reforçada com a presença de 120 elementos de infantaria ligeira do Bangladesh, que foram recentemente transferidos da capital do sul, Juba, para Kadugli.

A Unmis diz continuar politicamente empenhada no apelo aos líderes de Kadugli e de  Cartum para o fim das hostilidades, autorização do retorno de civis, cessação das restrições à liberdade de movimentação e regresso às discussões políticas.

Abyei

Relativamente à situação de Abyei, região que integra o Kordofan-Sul, o Escritório da ONU para Assistência Humanitária, Ocha, disse que o número de desalojados resultante da violência está em torno de 112 mil.

O  referendo para decidir se a região vai pertencer ao norte ou ao sul do Sudão, que declara a sua  independência a 9 de Julho, não foi realizado.

O escritório diz estar preocupado com o facto do apelo para do Sudão só ter sido financiado em 43%, com US$ 731 milhões,  dos US$1,7 mil milhão solicitados à comunidade internacional.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud