Superfície terrestre do planeta tem 40% de zonas áridas, alerta ONU
BR

17 junho 2011

No Dia Mundial de Combate à Desertificação, organização quer mais compromissos público e privado para combater o problema.

[caption id="attachment_198430" align="alignleft" width="350" caption="Dia Mundial de Combate à Desertificação"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Está sendo marcado neste 17 de Junho, o Dia Mundial de Combate à Desertificação. A data coincide com as comemorações do “Ano Internacional das Florestas”.

O tema deste ano é  “Florestas Mantendo as Zonas Áridas em Atividade”. O objetivo é destacar a importância das matas para comunidades locais e globais.

Assembleia Geral

O Dia Mundial de Combate à Desertificação foi estabelecido em 1995 pela Assembleia Geral da ONU para alertar para o crescente perigo da desertificação, empobrecimento da terra e secas.

A aridez afeta 40% das terras do planeta, em zonas que cobrem mais de 100 países e são a base de sobrevivência de 2 bilhões de pessoas.

O professor de Física e Alterações Climáticas da Universidade de Lisboa, Filipe Duarte Santos, falou à Rádio ONU, da capital portuguesa, sobre medidas que podem ajudar a combater o fenômeno.

Degradação

“Construir barreiras de vegetação que evitem o avanço das areias, depois ter muita atenção aos processos de irrigação na agricultura para que seja sustentável, não provoque à salinização, portanto, a degradação dos solos e ter espécies adaptadas ao clima”, frisou.

Além de concentrarem a maior população de mamíferos, as regiões áridas também acolhem mais de 50 mil plantas conhecidas, 1,5 mil espécies de pássaros, e são o habitat natural de espécies das sementes mais consumidas do mundo.

Investimentos

Segundo a ONU, as florestas das zonas áridas estão em perigo, devido à carência de investimentos em gestão sustentável.

O centro das comemorações do Dia Mundial de Combate à Desertificação foi a capital do Senegal, Dacar.

*Apresentação: Luisa Leme, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud