Seca ameaça milhares no Corno da África

14 junho 2011

FAO alerta que o fenómeno, aliado à alta dos preços alimentares e do petróleo, deve agravar a situação de insegurança alimentar na região africana.

[caption id="attachment_198073" align="alignleft" width="350" caption="Seca gera crise de alimentos."]

Daniela Gross, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A seca, aliada aos altos preços alimentares e do petróleo, levará milhares de pessoas a enfrentarem problemas de falta de alimentos no Corno da África, alertou, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.

A região já enfrenta duas estações consecutivas de secas, com a queda de chuvas abaixo do normal. De acordo com dados da FAO, mais de 8 milhões de pessoas na área já dependem de ajuda humanitária para sobreviver.

Crise Crónica

O Coordenador Regional de Emergência da FAO para a África Oriental e Central, Rod Charters, diz que a “actual crise não é incomum, mas mostra uma situação crónica na região.” Para ele, o desafio “é preparar os agricultores e pastores para que possam adaptar-se à nova realidade de mudanças climáticas extremas.”

Na Somália, onde uma em cada quatro crianças é desnutrida, a seca afecta a maior parte do país. Actualmente, 2,5 milhões de pessoas dependem de assistência de emergência e o número deve aumentar devido à seca, expectativas de uma colheita fraca e o conflito na região sul do país, aponta a FAO.

Quénia e Etiópia

No Quénia, a estimativa da agência é de que mais de 2,4 milhões de agricultores e pastores do norte e nordeste não tenham água e comida suficientes. Com a seca, pessoas chegam a ter que percorrer até 40 km para obter água.

Na Etiópia, a falta de água e a seca que atinge as áreas de pastagem levaram à morte de 220,000 animais de rebanhos no sul do país.

Preços Elevados

De acordo com a FAO, preços recorde de alimentos registados na Somália, Quénia e Etiópia tornam a situação ainda mais crítica. A agência diz que a região no Corno de África precisa de fundos adicionais urgentes para a protecção dos rebanhos e distribuição de produtos agrícolas como sementes resistentes à seca e água para actividades agro-pecuárias.

*Apresentação: Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud