Seca atinge grande parte da Europa BR

Seca atinge grande parte da Europa

Dados divulgados pela Organização  Mundial de Meteorologia, OMM, mostram longo períodos de seca na região entre os meses de janeiro e maio deste ano.

Daniela Gross, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização Mundial de Meteorologia, OMM, divulgou os últimos dados sobre as precipitações entre os meses de janeiro e maio deste ano. De acordo com a agência da ONU, uma seca persistente e longa atinge grande parte da Europa.

Os dados do Centro Global de Precipitação e Climatologia sugerem que, em algumas partes da Europa ocidental e central, a quantidade de chuva registrada no período ficou 40% abaixo do normal.

França e Alemanhã

Na França, o período entre janeiro e abril deste ano foi o mais seco desde 1975. Já na Alemanha, abril de 2011 foi um dos 10 abris com menor quantidade de chuva desde 1881.

O nível da água esteve particurlamente baixo durante o período no rio Reno, onde as atividades de navegação foram afetadas na Alemanha. No mês de maio, o nível da maior parte dos rios do país foi um dos baixos dos últimos 100 anos.

Incêndios

O inverno passado também foi um dos mais secos na Europa Ocidental, causando baixa umidade do solo durante os meses de março e abril. Atividades agrícolas na região foram seriamente afetadas.

As secas também contribuíram para a incidência de incêndios em países como a Holanda e Grã-Bretanha. Em partes da região nordeste da Alemanha o índice de perigo de incêndio florestal atingiu o nível mais alto.

Pressão alta

Segundo a OMM, o longo período de seca está ocorrendo por causa de uma alta pressão atmosférica concentrada nas regiões central e ocidental da Europa.

*Apresentação: Luisa Leme, da Rádio ONU em Nova York.