Jorge Sampaio quer esforço para aumentar crediblidade de África

9 junho 2011

Enviado especial do Secretário-Geral da ONU para o Combate à Tuberculose envia recado aos países do continente para a busca de apoios para combater a doença numa altura de crise.

[caption id="attachment_197508" align="alignleft" width="350" caption="Jorge Sampaio"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O enviado especial do Secretário-Geral da ONU para o Combate à Tuberculose, Jorge Sampaio, apelou para a necessidade de criação de “laços de credibilidade” entre África e os organismos financiadores do combate às doenças endémicas.

Em entrevista à Rádio ONU, em Nova Iorque, e tendo como pano de fundo o combate à tuberculose, o ex-presidente português realçou o papel das lideranças na interacção com os doadores numa altura de crise.

Candidaturas

“Arranjem os consultores capazes e necessários para fazer candidaturas ao Fundo Global, como deve ser.  Ponham em cima da mesa programas que venham de baixo para cima - das comunidades aos laboratórios, ao diagnóstico e ao tratamento. E, obviamento mostrem aos doadores que a aplicação dos dinheiros é correctamente feita e que há resultados, melhorias, e abaixamento das índices de infecção”, pediu.

Jorge Sampaio participa no Encontro de Alto Nível da ONU sobre o HIV/Sida, que até esta sexta-feira reúne líderes mundiais  para discutir progressos , produzir recomendações e adoptar uma nova declaração de compromisso para orientar a resposta global à pandemia.

Lideranças

Relativamente ao papel das lideranças, junto das comunidades africanas, Sampaio abordou a necessidade de uma maior consciencialização em torno da resistência aos medicamentos.

Ele apontou para a necessidade de difusão, por parte dos líderes, da possibilidade de realização de diagnósticos rápidos e dar a conhecer a existência da disponibilidade de equipas para identificarem e tratar a doença.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud