Na ONU, Padilha fala sobre experiência do Brasil no combate ao HIV
BR

9 junho 2011

Titular da pasta da Saúde brasileira discursa, nesta quinta-feira, em Encontro de Alto Nível sobre HIV/Aids; programa do Brasil é citado como referência de tratamento entre os países em desenvolvimento.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, está em Nova York para participar de um Encontro de Alto Nível, na sede da ONU, sobre o combate ao HIV/Aids.

Padilha discursará ao lado de chefes de Estado e governo sobre o programa brasileiro, que é apontado como referência no tratamento da doença em países em desenvolvimento.

Pontos Comuns

O Brasil também tem programas de combate à Aids no eixo da cooperação Sul-Sul com nações de língua portuguesa na África, como a parceria com Moçambique na construção de uma fábrica de antiretrovirais em Maputo, capital do país.

Antes do Encontro de Alto Nível sobre HIV/Aids, Alexandre Padilha, falou à Rádio ONU, em Genebra, a respeito da colaboração na área da saúde com os países lusófonos.

“Podemos ofertar um conjunto de ações que o Ministério da Saúde hoje faz de formação permanente, qualificação dos profissionais, ensino a distância. A Rede Telesaúde que dá apoio, a partir das Universidades, para os profissionais. E nós estamos nos dispondo a colocar esta rede para todos os países que falam a língua portuguesa. Além disso, é fundamental porque traz uma aproximação inclusive que possamos defender pontos comuns dos nossos países num fórum multilateral como esse”, afirmou.

Além do ministro Alexandre Padilha, o Brasil também está sendo representado no Encontro, em Nova York, pelo titular da pasta de Relações Exteriores, Antonio Patriota.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud