Agência da ONU e Cruz Vermelha em parceria humanitária

23 maio 2011

Instituição humanitária com mais de 100 milhões de colaboradores assinou memorando de entendimento que inclui acções em prisões, usuários de drogas e Pessoas Vivendo com o HIV.

[caption id="attachment_170576" align="alignleft" width="175" caption="Ajuda da Cruz Vermelha"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, e a Cruz Vermelha vão coordenar respostas para as necessidades dos usuários de drogas, pessoas vivendo com o HIV e doenças associadas.

Um memorando de entendimento, assinado em Genebra, prevê também que desafios humanitários ligados ao tráfico humano e o seu impacto em famílias e comunidades sejam abordados pelas duas agências.

A parceria deve actuar em áreas que incluem a reforma prisional, com realce nas necessidades da população prisioneira feminina e saúde de reclusos.

Tratamento

A necessidade de tratamento e prevenção, em pessoas que vivem com o HIV ou usam drogas, foi apontada pelo Unodc como sendo "de vital importância no trabalho em alianças globais e operacionais."

O director executivo da agência, Yuri Fedotov, apontou para a importância de garantir a disponibilidade de narcóticos e outras substâncias para propósitos científicos prevenindo, ao mesmo tempo, o seu desvio e abuso. Ele defendeu a parceria vai contribuir para o desenvolvimento de programas conjuntos para pessoas vulneráveis.

A Cruz Vermelha conta com 100 milhões de membros, voluntários e pessoal de apoio em 186 sociedades nacionais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud