Ban alerta para situação precária e pede avanços na RD Congo

18 maio 2011

Em discurso proferido no Conselho de Segurança, Secretário-Geral pede prevenção da violência nas eleições presidenciais, provinciais e locais.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A ONU pediu mais esforços para evitar a eclosão de violência durante as eleições gerais e locais agendadas para este ano na República Democrática do Congo, RD Congo.

Num discurso proferido, esta quarta-feira, no Conselho de Segurança, o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, apresentou a situação do país que acolhe "a maior e mais complexa operação de paz da organização."

Eleições

A RD Congo tem agendadas eleições presidenciais para 28 de Novembro, que devem ser seguidas pelas provinciais e locais. Ban apontou que os escrutínios devem servir para consolidar a paz e estabilidade.

O Secretário-Geral pediu um esforço para garantir que não haja erupção da violência antes, durante e depois das eleições, que devem ser realizadas em momento oportuno e marcadas por transparência, credibilidade, serenidade e segurança.

Ban apontou progressos como a melhoria das condições de segurança em grande parte do país, alertando, entretanto, para a ameça imposta por grupos armados locais e estrangeiros e para a "grave situação humanitária", que provocou 1,7 milhão de desalojados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud