Apelo humanitário para a Líbia sobe para US$ 408 milhões (Português África)

18 maio 2011

Coordenador Humanitário das Nações Unidas diz que rápida evolução das circunstâncias no país exige uma revisão do financiamento.

Yara Costa, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O apelo humanitário da ONU para financiar as operações na Líbia passou de US$ 310 milhões para US$ 408 milhões, anunciou o coordenador Humanitário das Nações Unidas para a Líbia, Panos Moumtzis.

Em comunicado publicado nesta quarta-feira, em Genebra, Moumtzis indica que o conflito tem causado escassez generalizada de suprimentos essenciais, incluindo alimentos, medicamentos, dinheiro e combustível.

Evolução Rápida

Segundo o coordenador, as operações devem responder a uma rápida evolução das circunstâncias no país. Os confrontos na Líbia começaram após protestos populares contra o líder Muammar Kadafi, iniciados em Fevereiro.

Cerca de 2,1 milhões de pessoas foram afectadas pela crise e precisam de assistência humanitária urgente, segundo as Nações Unidas.

Necessitados

O número de necessitados inclui 1,6 milhão pessoas dentro da Líbia e outras 500 mil pessoas que fugiram pelas fronteiras com Egipto e Tunísia.

Moumtzis expressou a sua preocupação com a população que vive em áreas de difícil acesso, referindo que vai "discutir, em Trípoli, medidas de segurança para garantir a movimentação do pessoal nas operações humanitárias."

Desde o início do conflito, as Nações Unidas estimam que mais de 803 mil pessoas fugiram do país do Norte de África.

*Apresentação: Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud