Unamid confirma ataques aéreos contra alvos no Sul do Sudão

16 maio 2011

Missão em Darfur promete enviar investigadores para apurar número de vítimas; Unmis pede calma após votação em Kordofan do Sul.

[caption id="attachment_189534" align="alignleft" width="175" caption="Foto: Unamid"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão Conjunta da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid, confirmou o lançamento de ataques aéreos da força do governo sudanês contra os vilarejos de Labado e El-Sheraya no sul do Sudão.

Falando a jornalistas, em Nova Iorque, o porta-voz do Secretário-Geral, Martin Nesirky, disse que a missão está a considerar o envio de uma equipa de investigadores aos locais.

Baixas

De acordo com o porta-voz, o número de baixas e de possíveis desalojados ainda não foi determinado, mas a equipa da Unamid tenciona verificar a situação nos locais.

Os ataques ocorreram dois meses antes da declaração da independência do Sul, marcada para 9 de Julho. A secessão foi decidida em Janeiro, em referendo que ditou a separação do sul do resto do Sudão como parte do acordo de paz de 2005 que pôs termo a mais duas décadas do conflito entre o norte e o sul do Sudão.

Votação

Num outro desenvolvimento, a missão da ONU no Sudão, Unmis, saudou a conclusão da votação para as legislativas e eleição do governo local no estado de Kordofan do Sul, por terem sido "conduzidas de forma pacífica e acompanhadas por vários monitores."

A Unmis, que não fez parte dos observadores oficiais das eleições, mas deu apoio logístico e técnico, lançou um apelo urgente às partes a continuarem a manter um ambiente pacífico a seguir ao anúncio dos resultados previsto para esta segunda-feira.

A missão encorajou as partes a recorrerem a meios legais e diálogo para resolver possíveis queixas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud