Exército sírio em ‘grande operação’ contra cidade-chave, diz Pascoe
BR

28 abril 2011

Subsecretário-geral de Assuntos Políticos discursou no Conselho de Segurança, nesta quarta-feira, sobre violência em Daraa, no sul do país.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O subsecretário-geral de Assuntos Políticos das Nações Unidas afirmou que recebeu informações sobre a realização de uma "grande operação militar" contra a cidade de Daraa, no sul da Síria.

Num discurso ao Conselho de Segurança, nesta quarta-feira, B. Lynn Pascoe, afirmou ter "informações de fontes fidedignas" sobre a ofensiva do Exército sírio.

Socorro aos Feridos

De acordo com agências de notícias, centenas de pessoas podem ter morrido desde o início dos protestos pró-democracia no país árabe.

Pascoe contou aos 15 países-membros do órgão, incluindo Brasil e Portugal, que tropas do governo estariam atirando contra civis desarmados e evitando o socorro médico aos feridos. Como parte da operação, estaria havendo ainda batidas em mesquitas para prender civis.

Ele informou que estão faltando remédios, água e comida em Daraa. O encontro no Conselho de Segurança também contou com a participação de embaixadores de vários países-membros incluindo Portugal, e do representante sírio, Bashar Ja'afari, que afirmou que a violência está sendo apoiada por grupos extremistas e estrangeiros.

Nesta sexta-feira, o Conselho de Direitos Humanos, com sede em Genebra, fará uma reunião especial sobre a situação na Síria.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud