Cerca de mil pessoas evacuadas dos confrontos em Misrata (Português África)

25 abril 2011

Grupo é maioritariamente composto por nigerinos e feridos civis; OIM estima que 117 mil pessoas já foram evacuadas da Líbia para o Egipto e Tunísia.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Um navio transportando 995 pessoas evacuadas dos confrontos em Misrata, chegou esta segunda-feira à cidade líbia de Benghazi, anunciou a Organização Mundial para Migrações, OIM.

O grupo, que embarcou na manhã de sábado, é maioritariamente formado por cidadãos do Níger e inclui 17 feridos civis. A agência anunciou que os cuidados médicos para os evacuados na embarcação eram prestados por uma equipa da International Medical Corps.

Operação

Com a última operação, sobe para 4100 o número de evacuados de Misrata desde o início do programa em meados deste mês. A violência envolvendo forças leais ao líder Muammar Kadafi e a oposição seguiu-se aos protestos antigovernamentais iniciados em Fevereiro.

De acordo com a ONU, os confrontos já causaram centenas de mortos e mais de 500 mil desalojados.

Cuidados

Grupos de migrantes fracos e traumatizados podem ser encontrados confinados em contentores ou ao ar livre no porto de Misrata sem água, alimentos, água limpa ou cuidados médicos, refere a OIM.

Para esta semana a agência prevê fretar 10 voos entre as cidades chadianas de de Faya- Largeau e Djamena, com assistência para os retornados mais fragilizados.

A OIM disse ter recebido 40% dos fundos do apelo de US$ 160 milhões para prestar assistência e evacuar pessoas para o interior e exterior da líba. A agência estima que 117 mil pessoas de várias nacionalidades foram evacuadas da Líbia para o Egipto e Tunísia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud