Ban congratula acção de países do Golfo contra a pirataria (Português África)

18 abril 2011

Em mensagem apresentada na Cimeira contra a Pirataria em Dubai, Secretário-Geral volta a defender estratégia baseada na dissuasão, segurança num Estado de Direito e desenvolvimento.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU, em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, congratulou os países do Golfo pelo seu apoio na resposta regional contra a pirataria na Somália.

Em mensagem apresentada em seu nome na Cimeira contra a Pirataria, em Dubai, Ban enalteceu o que chamou indicador do "consenso global de que a pirataria constitui um desafio de segurança grave e comum."

Sintoma

De acordo com o pronunciamento, a pirataria não é mal um aquático mas sintoma das condições no terreno, incluindo a situação política e de segurança na Somália.

Ele realçou a importância do Grupo de Contacto sobre a Pirataria ao Largo da Costa a Somália como vital, mas recomendou uma "resposta holística e abrangente, em concordância com acções simultâneas de dissuasão, segurança num Estado de Direito e desenvolvimento."

No Oceano Índico, a actividade dos piratas somalis já resultou em prejuízos que ultrapassam US$ 7 mil milhões, apontam estimativas da ONU.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud