Nova estratégia do Banco Mundial prioriza educação profissional

13 abril 2011

Instituição contraria investimento no tempo de permanência nas escolas; em todo o mundo, cerca de 210 milhões são desempregados.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial lançou um apelo para que esforços se concentrem em preparar jovens para o mercado de trabalho, ao contrário do maior tempo de permanência nas escolas. A mensagem foi dirigida a governos, doadores, líderes comunitários e empregadores.

De acordo com a instituição, regista-se actualmente um recorde de 210 milhões de desempregados em todo o mundo, quando empregadores reclamam da falta de candidatos com as habilidades requeridas.

Estratégia

No lançamento da nova estratégia para a educação para próxima década, a instituição observa que "diplomas abrem as portas para o emprego, mas habilidades para o trabalho determinam a produtividade e possibilitam a adaptação às novas tecnologias e oportunidades."

O documento aponta para progressos marcantes ocorridos na educação nos últimos 10 anos, citando que o número de crianças com idade escolar primária, fora da escola, caiu de 106 milhões em 1999, para 68 milhões em 2008. Nos países em desenvolvimento, o índice de matriculados no nível primário cresceu 80% . Cerca de 60% das crianças concluíram o nível.

Mudanças Constantes

O Banco Mundial observa, entretanto, que "com o mundo em constantes mudanças, os países devem transformar os ganhos obtidos nas escolas na melhoria dos rendimentos de aprendizagem."

O Mali e o Quénia, onde 30% a 50% de adolescentes maiores de 15 anos não sabem ler e nem escrever, são tidos como nações com níveis de habilidade na força de trabalho, que fazem prever um crescimento económico melhor que os níveis escolarização.

De acordo com o Banco Mundial, a sua nova abordagem prevê melhorar a qualidade na educação. Espera-se igualmente cobrir áreas da reforma educacional, com um financiamento para resultados, além de desenvolver um novo sistema de avaliação com ferramentas para a busca de melhores práticas para melhoria do desempenho na educação.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud