Comissão da ONU vai tratar de exploração infantil na internet
BR

13 abril 2011

Reunião do Unodc, que vai até sexta-feira, foca em crimes de informática e na situação de crianças que usam a rede mundial de computadores.

Marina Estarque, da Rádio ONU em Nova York.*

A 20ª. Sessão da Comissão para a Prevenção de Crimes e Justiça Criminal, que ocorre nesta semana, em Viena, irá tratar dos abusos infantis na internet.

O diretor-executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, Yury Fedotov, disse que sérios crimes estão ocorrendo "debaixo do nariz dos pais". Segundo ele, a internet abre uma porta para a entrada de criminosos dentro de casa.

Colaboração

A sedução de menores pela rede é um crime internacional grave. Para combatê-lo, o Unodc busca a colaboração dos provedores de internet, da sociedade civil, das instituições educacionais e do público. O papel do setor privado na prevenção também será analisado durante a comissão.

A prática conhecida como "grooming" ocorre quando um criminoso faz amizade com uma criança em salas de bate-papo ou de jogos eletrônicos com o objetivo de abusar sexualmente dela.

Legislação

Fedotov disse ainda que as leis atuais não foram criadas para a era digital global, o que prejudica os esforços de prevenção. O diretor disse que os criminosos são rápidos, oportunistas e orientados para o mercado. Segundo ele, é uma espécie de "jogo de gato e rato".

De acordo com Fedotov, sistemas jurídicos trabalhando isoladamente não são páreos para "redes poderosas". Os países precisam harmonizar seus marcos legais para prevenir ameaças digitais e facilitar a cooperação internacional.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud