Angelina Jolie faz doação para ajudar evacuação de vítimas do conflito líbio (Português África)

5 abril 2011

Embaixadora da Boa Vontade do Acnur visitou na manhã desta terça-feira a fronteira do país com a Tunísia, onde 2 mil pessoas tentam atravessar todos os dias.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A actriz Angelina Jolie, embaixadora da Boa Vontade de Alto Comissariado da ONU para Refugiados, voltou a interceder pelas vítimas da violência política na Líbia.

Desde o início dos protestos contra o líder Muammar Kadafi, mais de 400 mil pessoas já fugiram do país.

Países Próximos

Ao visitar a fronteira da Líbia com a Tunísia, na manhã desta terça-feira, Angelina Jolie pediu a abertura de um corredor humanitário para socorrer as vítimas. Cerca de 2 mil pessoas tentam atravessar a fronteira todos os dias.

A maioria dos refugiados e migrantes foge para o Egipto, Tunísia, Argélia, Níger, Chade e Sudão. A Tunísia, no entanto, já recebeu mais da metade dos refugiados.

Nesta entrevista à Rádio ONU, antes da visita, a chefe da Organização Internacional para Migrações em Portugal, Marta Bronzin, falou à Rádio ONU, de Lisboa, sobre a situação dos migrantes.

Consequências Graves

"Há todos os sinais de que esta não é uma situação que vai se reduzir no breve prazo. Continua a haver milhares de pessoas que estão saindo, todos os dias, e que chegam à Tunísia ou ao Egipto Mas há também muitas pessoas que ainda estão bloqueadas na Líbia e não conseguem sair. O fato de ter que reduzir um número de evacuações por dia tem consequências graves. Já foram encontrados migrantes que para fugir daquela situação se utilizam de traficantes (de seres humanos) para chegar à Europa", afirmou.

Segundo a OIM e o Acnur, mais de 70 mil pessoas foram abrigadas, com segurança, pelas duas agências, mas 11 mil refugiados ainda estão em trânsito.

Fundação Jolie-Pitt

A Fundação Jolie-Pitt está a ajudar a evacuar as vítimas. A Fundação pagou pelo voo de 177 pessoas que voltaram aos seus países de origem. O dinheiro também foi usado na compra de uma ambulância para ajudar os feridos pela violência na Líbia.

O apelo de Angelina Jolie para a abertura de um corredor humanitário foi feito após conversas que ela manteve com os migrantes. Segunda ela, sem o corredor, milhares de pessoas do leste e da África Subsaariana estão a tentar sair da Líbia por mar. Muitos deles são transportados sem segurança e acabam por morrer no percurso.

*Apresentação: Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud