ONU pede mais inclusão para pessoas com autismo (Português Brasil)

1 abril 2011

Em mensagem para marcar o Dia Mundial de Conscientização sobre o tema, Ban Ki-moon diz que muitos sofrem discriminação, isolamento e abusos.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas marcam neste 2 de abril, o Dia Mundial de Conscientização sobre Autismo. Segundo a ONU, dezenas de milhões de pessoas vivem com o sintoma.

Em mensagem sobre a data, o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, pediu mais inclusão, e lembrou que o autismo pode atingir qualquer um, em qualquer país.

Direitos Humanos

Ele afirmou que o austimo é uma desordem complexa, e que algumas pessoas sofrem discriminação, isolamento e abusos.

Para Ban Ki-moon, o mundo não pode tolerar nenhuma violação dos direitos humanos de quem vive com autismo.

A mensagem também chama a atenção para o diagnóstico cedo e o acesso aos serviços de tratamento, além de apoio aos pais, criação de empregos para quem tem autismo e melhorias no sistema educacional para incluir todos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud