Perspectiva Global Reportagens Humanas

Unicef condena violência policial contra menino em Manaus BR

Unicef condena violência policial contra menino em Manaus

Fundo da ONU disse esperar ‘medidas enérgicas para responsabilizar culpados’; segundo mídia local, adolescente de 14 anos levou três tiros à queima-roupa de policiais militares.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, condenou a violência policial contra um adolescente, de 14anos, em Manaus, capital do Amazonas.

Em nota, emitida na sexta-feira, o Unicef disse que "o ato brutal enfatiza a necessidade de responsabilização na forma da lei dos policiais acusados pelo crime".

Parceria

O adolescente levou três tiros, à queima-roupa, após ser cercado por policiais militares em agosto do ano passado. Num vídeo, o menino aparece desarmado e acuado. As imagens foram divulgadas para a mídia na semana passada.

O Unicef afirmou que o vídeo com cenas do crime "é uma prova incontestável da violação de direitos humanos cometida contra o adolescente e alerta a sociedade sobre a necessidade de medidas urgentes para o combate à violência contra meninas e meninos brasileiros.

A agência da ONU tem uma parceria com o Estado do Amazonas para garantir a proteção de crianças e adolescentes.

Proteção

O governo brasileiro divulgou nota condenando a violência. E segundo a mídia local, a maioria dos policiais teria sido presa após a divulgação do vídeo.

O menino está fazendo parte de uma programa de proteção a testemunhas junto com a família.

O Unicef terminou a nota dizendo "que apoia o governo brasileiro no fortalecimento de ações para reduzir a violência contra menores". E disse esperar "medidas enérgicas para responsabilizar os culpados".