Em meio à crise humanitária, Japão faz doação a refugiados palestinos (Português Brasil)

25 março 2011

Ao todo, a contribuição do país à recuperação do local já ultrapassa US$ 6,5 milhões, cerca de R$ 11 milhões.

Marina Estarque, da Rádio ONU em Nova York*

O Japão doou, nesta terça-feira, US$ 2,4 milhões, equivalentes a mais de R$ 4 milhões, para a Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa. O valor será usado para a reconstrução do campo Nahr el-Bared, no Líbano.

Ainda são necessários mais de R$ 350 milhões para finalizar as obras de recuperação do campo, começadas em 2009. Nahr el-Bared foi destruído durante o conflito na área, que causou o deslocamento de 27 mil refugiados.

Crise nuclear

No início da semana, a chefe do Programa Mundial de Alimentos da ONU, PMA, lembrou que o Japão tem sido um dos países que mais prestam ajuda humanitária.

Nesta quinta-feira, o governo japonês informou que dois funcionários da central nuclear de Fukushima Daichi foram levados para hospital após terem sido expostos a altos níveis de radiação.

Eles estavam tentando restaurar o sistema de resfriamento do reator 3.

Os japoneses estão trabalhando para religar a eletricidade da central nuclear. Sem energia, os sistemas de refrigeramento não podem funcionar. O terremoto cortou a rede elétrica da região e o tsunami inviabilizou o uso dos geradores reserva a diesel.

O número oficial de mortos no terremoto e no tsunami já chega a mais de 9,5 mil. Pelo menos 16 mil pessoas estão desaparecidas.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud