ONU condena ataque que matou um e feriu 30 em Jerusalém
BR

23 março 2011

Secretário-Geral disse que atentado é inaceitável; bomba explodiu em ponto de ônibus perto da rodoviária da cidade.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou, com veemência, o ataque a bomba, nesta quarta-feira, em Jerusalém. O atentado matou uma mulher e deixou mais de 30 civis israelenses feridos.

A nota foi lida pelo porta-voz, Martin Nesirky.

Fim Imediato

De acordo com Nesirky, Ban Ki-moon disse que ataques como esse são inaceitáveis. Ele disse que está profundamente preocupado com a situação. Ban pediu um fim imediato de todos os atos de terrorismo e violência contra civis.

Segundo agências de notícias, a explosão da bomba ocorreu num ponto de ônibus lotado perto da rodoviária central de Jerusalém, localizada no oeste da cidade.

A polícia israelense informou que a bomba teria sido deixada numa bolsa perto da calçada.

A última série de atentados a ônibus em Jerusalém ocorreu entre 2000, data do início da segunda intifada, e 2004.

O ataque foi realizado às 3 da tarde, horário local.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud