Acnur forma voluntários em Moçambique

17 março 2011

A Agência da ONU e a Cruz Vermelha assinaram acordo que estabelece uma plataforma de cooperação a favor dos refugiados ou candidatos a refugiados, na República de Moçambique.

Manuel Matola, da Rádio ONU em Maputo.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, Acnur, anunciou que vai dar formação em assistência humanitária aos voluntários da Cruz Vermelha de Moçambique.

Um acordo que estabelece uma plataforma de cooperação foi firmado esta quarta-feira pela agência da ONU e a Cruz Vermelha do país, na capital, Maputo.

Assistência

O pacto visa o desenvolvimento de actividades de assistência humanitária conjunta a favor dos refugiados ou candidatos a refugiados, na República de Moçambique, no âmbito do mandato do Acnur e dentro das áreas de competência da Cruz Vermelha moçambicana.

Ao abrigo do memorando, o Acnur garante dar ajuda àquela instituição filantrópica e seus voluntários em treinamento e assistência, sempre que a Cruz Vermelha de Moçambique solicitar.

Projectos Sociais

Os dois organismos acordaram igualmente partilhar informação, meios, técnicas de trabalho e voluntários da Cruz Vermelha de Moçambique na implementação dos projetos sociais em local onde ambos estiverem a operar.

O secretário-geral da Cruz Vermelha do país, Américo Ubisse, assinalou a importância do acordo, que descreveu como forma de mitigar e prevenir o sofrimento humano.

Mitigação

"Estamos uma vez mais a reafirmar que continuaremos juntos nos esforços de mitigação e prevenção do sofrimento humano onde quer que exista, seja este sofrimento dentro do país, a Cruz Vermelha continuará com a sua missão", afirmou.

Em 2010, o Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud, anunciou também que iria apoiar o governo moçambicano na criação da Agência do Voluntariado, entidade que se encarregará pela promoção do serviço cívico no país.

A ideia do estabelecimento do órgão surge na sequência da aprovação, no ano passado, da Lei sobre o Voluntariado em Moçambique. O instrumento visa a materialização dos Objectivos do Desenvolvimento do Milénio em 2015.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud