Stoitchkov anima vítimas da fome no Burquina Faso

16 março 2011

Antigo astro búlgaro dos espanhóis do Barcelona disse acreditar no contributo da modalidade para combater a fome.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O antigo astro de futebol búlgaro, Hristo Stoitchkov, disse ser importante ajudar a recuperar as vítimas da fome em Burquina-Faso. Durante uma visita de dois dias ao país, a ex-estrela da selecção búlgara e do Barcelona, da Espanha, visitou centros de apoio a carenciados e assistiu a uma partida de futebol infantil na capital, Ouagadougou.

Esperança

Falando do contributo da modalidade na luta contra a fome ele defendeu que "futebol dá esperança." O agora treinador contou ter passado fome como criança e sublinhou que "enquanto se joga não se pensa nela."

Stoitchkov disse apoiar os esforços para garantir meios de sobrevivência aos afectados pela crise alimentar na região africana do Sahel.

Equipa

Uma parceria entre a Organização da ONU para a Agricultura e Alimentação, FAO, e a União Europeia, UE, resultou na atribuição de mais de US$ 2,5 milhões para beneficiar mais de 80 mil famílias burquinabes.

As actividades financiadas pela parceria incluem alimentação do gado, plantação de hortas e acções de formação. Para minimizar o impacto da fome nas populações rurais ele pediu união, referindo que "uma boa equipa ganha e juntos podemos vencer a fome."

Hristo Stoitchkov integrou uma delegação da Associação das Ligas Europeias de Futebol Profissional, Epfl. O grupo agrega 950 clubes, incluindo 30 que competem em ligas profissionais do continente.

Em parceria com a FAO, a Epfl lançou uma campanha contra a fome em 2008.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud