Boinas-azuis e Unodc fazem parceria para combater drogas
BR

3 março 2011

Acordo entre o Departamento de Operações de Paz e o Escritório sobre Drogas e Crime foi firmado em Nova York, nesta quarta-feira.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Duas áreas da ONU anunciaram uma parceria para combater o tráfico de drogas e outros crimes em zonas de conflito.

O acordo, firmado em Nova York, nesta quarta-feira, foi fechado entre o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, e o Departamento de Manutenção das Operações de Paz.

Falhas de Segurança

A iniciativa será aplicada principalmente no oeste da África, que se tornou uma zona de apoio para a rede de entorpecentes e drogas ilegais, que saem da América do Sul e que são levadas à Europa.

O Unodc e o Departamento de Operações de Paz tem mandatos que se complementam, segundo o chefe do Unodc, Yury Fedotov. Ele disse ainda que os criminosos estão atuando na África Ocidental por causa da posição estratégica e das falhas na segurança de fronteiras, além de outros problemas como corrupção.

Segundo a ONU, pelo menos 50 toneladas de cocaína passam pelo oeste da África, anualmente, em direção à Europa. O custo da droga nas ruas é de cerca de R$ 3,4 bilhões.

O país de língua portuguesa na África Ocidental, Guiné-Bissau, foi citado durante o acordo como um exemplo de ação conjunta que levou ao apoio de um plano de combate ao tráfico e de reforma do setor da segurança.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud