Ban pede calma durante apuramento de resultados sobre referendo no Sudão

31 janeiro 2011

Secretário-Geral pede que norte e o sul estejam concentrados nos arranjos para período pós-referendo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU apelou esta segunda-feira à continuação da calma entre as partes envolvidas no processo de paz no Sudão, enquanto é finalizada a contagem dos votos do referendo sobre o futuro do sul.

O pronunciamento de Ban Ki-moon foi feito num encontro de alto nível sobre o Sudão, realizado à margem da Cimeira da União Africana, UA, na capital etíope, Addis Abeba.

Elogios

Ban elogiou as partes pela condução pacífica do do referendo ocorrido de 9 a 15 de janeiro. O plebiscito era o culminar da Processo Abrangente de Paz, assinado em 2005, que pôs termo a duas décadas de conflito entre o norte e o sul.

O Secretário-Geral referiu que "o Sudão alcançou um feito histórico. Todas as informações indicam que de forma geral, o referendo decorreu de forma pacífica e com grande adesão."

Novas Realidades

Segundo referiu, numa altura em que o povo sudanês tenta ajustar-se para novas realidades no terreno "as partes do Acordo Abrangente de Paz devem se concentrar nos arranjos do pós-referendo que devem ditar o relacionamento a longo prazo entre o norte o sul."

O Secretário-Geral prometeu continuar a trabalhar de perto com a União Africana com vista ao alcance de uma solução para o Sudão. Ele manifestou preocupação com a violência em Darfur, que provocou milhares de desalojados.

Processo de Paz

De acordo com Ban "todas as partes devem depor as armas e envolver-se no processo de paz."

Ele apelou para a renovação dos apoios dos líderes africanos à estratégia da Missão Conjunta da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid, na garantia da liberdade de movimentação, protecção de civis e apoio às agências humanitárias que distribuem ajuda em Darfur.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud