Ban avalia processo de paz na Somália em Cimeira da UA

26 janeiro 2011

Encontro vai abordar a situação no país do Corno de África, após o fim do processo de transição, em agosto.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Uma avaliação do processo de paz na Somália será feita à margem da 16ª Cimeira da União Africana, que decorre desde esta quarta-feira na capital etíope, Addis Abeba.

O encontro, a ser liderado pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, e o presidente da comissão da União Africana, Jean Ping, ocorre cerca de sete meses antes do fim da transição.

Conflitos

Esta semana, a Somália assinala 20 anos sem um governo funcional. Após a queda do governo do antigo presidente Siad Barre, em 1991, ocorre uma série de conflitos na maior parte do seu território.

Os mais recentes têm sido levados a cabo pelos militantes islamitas al-Shabaab que combatem o Governo Federal de Transição, que controla uma parte da capital, Mogadíscio.

Acções

Segundo o representante do Secretário-Geral da ONU na Somália, Augustine Mahiga, "há ainda muito por fazer no país."

Ele anunciou que o Governo Federal de Transição apresentou um programa de acção com as tarefas prioritárias a serem ser cumpridas "até ao fim da transição, em agosto, ao abrigo do processo de paz de Djibuti."

Segundo indicou, a situação posterior à transição "deve seguir-se a um período de consultas entre os somalis, incluindo as partes envolvidas no processo de paz com vista a encontrar uma solução consensual."

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud