Ban ‘horrorizado’ com atentado que matou 35 em Moscou
BR

24 janeiro 2011

Ataque suicida contra o Aeroporto Domodedovo deixou 100 pessoas feridas.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que está horrorizado com o atentado a bomba ao Aeroporto Domodedovo, de Moscou, que matou pelo menos 35 pessoas.

Segundo agências de notícias, a explosão, nesta segunda-feira, deixou cerca de 100 feridos.

Solidariedade

Em nota, lida pelo seu porta-voz, Ban Ki-moon condenou o atentado que classificou de "um ato de violência deplorável e injustificável" contra inocentes.

O Secretário-Geral enviou condolências às famílias das vítimas e expressou solidariedade ao governo e povo da Rússia.

De acordo com a mídia local, o atentado teria sido praticado por um homem-bomba. A polícia russa disse que se trata de um ataque terrorista. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud