ONU preocupada com deterioração da situação em Cote d'Ivoire

30 dezembro 2010

Secretário-Geral reage à convocação por partido de Laurent Gbagbo, de um ataque ao hotel onde está hospedado Alassane Ouattara.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU manifestou preocupação com a deterioração da situação em Cote d' Ivoire, também conhecida como Costa do Marfim.

Em comunicado, Ban Ki-moon diz estar preocupado diante da convocação por Blé Goundé, líder do partido do presidente em exercício, Laurent Gbagbo, de um ataque ao hotel onde está hospedado Alassane Ouattara, para 1 de Janeiro.

Tensão

A Cote d'Ivoire tem estado mergulhada numa situação de incerteza política, após o presidente em exercício, Laurent Gbagbo, ter-se recusado a aceitar os resultados eleitorais nas presidenciais de 28 de novembro.

As Nações Unidas endossaram a vitória de Alassane Ouattara, apesar de Gbagbo reclamar vitória no pleito.

Presença da Unoci

Ban adverte que a Missão das Nações Unidas em Cote d' Ivoire, Unoci, dispõe de um número de militares e polícias na capital, Abidjan, para o proteger Ouattara.

Segundo refere, o efectivo está autorizado a recorrer a todos os meios necessários para proteger aos que se encontrem no hotel.

O Secretário-Geral sublinha que qualquer ataque contra os capacetes azuis é um crime punível ao abrigo do direito internacional.

Ele apela aos amantes da paz em Côte d' Ivoire que contribuam em prol de uma estabilidade duradoira e pela democracia no seu país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud