Demolição de casas em Jerusalém Oriental preocupa diretora da ONU
BR

23 dezembro 2010

Dados da Unrwa revelam que destruição de moradias de palestinos aumentou cerca de 45% em 2010.

Alessandra Ribeiro, da Rádio ONU em Nova York.

A diretora de operações da Agência das Nações Unidas para Refugiados Palestinos, Unrwa, na Cisjordânia, manifestou preocupação com a demolição de duas casas em Jerusalém Oriental, esta semana, pelas autoridades da cidade.

Em comunicado, Barbara Shenstone chamou a atenção para o impacto causado em crianças palestinas que são "forçadas a presenciar a destruição das próprias casas."

Destruição

A diretora da ONU pediu que "as autoridades israelenses cessem as demolições e despejos em áreas ocupadas." Ela diz que Israel está "violando as leis internacionais, incluindo a Convenção sobre Direitos da Criança, da qual o país faz parte."

Dados da ONU revelam que 396 moradias foram destruídas em Jerusalém Oriental e em outras áreas sob controle de Israel na Cisjordânia este ano.

O número representa uma alta de 45% em comparação com 2009. Com isso, mais de 560 pessoas ficaram desabrigadas, sendo quase 300 delas crianças.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud