Ban faz apelo sobre eleições em Côte d'Ivoire

1 dezembro 2010

Apoiantes do candidato presidencial Alassane Ouattara acusam Laurent Gbagbo de tentar bloquear o anúncio dos resultados preliminares do escrutínio.

[caption id="attachment_174450" align="alignleft" width="175" caption="Eleições: Côte d'Ivoire"]

Eleutério Guevane da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon advertiu esta quarta-feira às partes em Côte d'Ivoire a não interferirem no órgão encarregue de organizar as eleições presidenciais do último domingo para permitir que os resultados provisórios sejam anunciados nesta quarta-feira, conforme o previsto.

De acordo com informações, um apoiante do presidente Laurent Gbagbo rasgou na terça-feira os primeiros resultados parciais.

Acesso de Jornalistas

Nesta quarta-feira, foi impedido o acesso de jornalistas aos escritórios da Comissão Eleitoral Independente.

Apoiantes do antigo primeiro-ministro, Alassane Ouattara, rival de Laurent Gbagbo no escrutínio, alegaram que o presidente esteja a bloquear os resultados por ter perdido as eleições.

Por seu turno, apoiantes de Gbagbo alegam ter havido fraude no norte do país, onde Ouattara tem forte apoio.

Em comunicado, o porta-voz de Ban Ki-moon refere que "o Secretário-Geral apela que a Comissão Eleitoral Independente anuncie os resultados provisórios, sem adiamentos, a 1 de Dezembro".

Declarações preliminares dos observadores das missões internacionais presentes no país indicam que, no geral, o escrutínio decorreu de forma satisfatória e credível.

Em 2002, o país da África Ocidental, que é o maior exportador de cacau do mundo, foi assolado por uma guerra civil entre o sul, controlado pelo governo, e o norte de influência dos rebeldes.

A Missão das Nações Unidas em Côte d'Ivoire, UNOCI, possui uma força de 9 mil homens para prestar auxílio nos esforços de reunificação do país.

A votação de domingo foi uma das suas etapas principais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud