Distribuidoras da AL anunciam Associação de Água e Saneamento
BR

1 dezembro 2010

Nova entidade é apoiada pela Aliança Global de Operadores de Água e conta com participação da Sabesp; cerca de 2,6 bilhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso a serviços de esgoto.

[caption id="attachment_160793" align="alignleft" width="175" caption="Água e saneamento"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

Empresas distribuidoras da América Latina fundaram a Associação de Operadoras de Água e Saneamento Básico, batizada de Aloas.

O lançamento ocorreu, em novembro, durante a 24ª Convenção Anual da Associação Mexicana de Operadores desse tipo de serviço.

Buenos Aires

De acordo com as Nações Unidas, 2,6 bilhões de pessoas vivem sem acesso a esgotamento.

O acordo para a criação da nova associação foi firmado em maio de 2008. Ao documento, conhecido como "Declaração de Buenos Aires", aderiram 20 operadoras nacionais.

O objetivo é discutir problemas comuns à região que ainda enfrenta grande falta de acesso à água potável e saneamento básico.

Segundo o Ibge, há cidades onde mais de 90% da população não tem esgotamento.

Entre as companhias participantes da Aloas estão Água e Saneamento Argentinos, Aysa, e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, Sabesp.

A nova entidade tem o apoio da Aliança Global de Operadores de Água.

Apresentação: Eduardo Costa Mendonça, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud