ONU condena ataque da Coreia do Norte à Coreia do Sul (Português Brasil)

23 novembro 2010

Incidente está sendo descrito como um dos mais graves desde o fim da Guerra da Coreia; segundo agências de notícias pelo menos dois fuzileiros morreram quando militares sul-coreanos responderam a agressão.

[caption id="attachment_171423" align="alignleft" width="175" caption="Ban Ki-moon"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que está profundamente preocupado com a escalada da tensão na Península Coreana.

Nesta terça-feira, militares da Coreia do Norte lançaram um ataque de artilharia contra a ilha Yeonpyeong, na Coreia do Sul.

Incidente

Segundo agências de notícias, dois fuzileiros navais morreram após militares sul-coreanos terem revidado a agressão.

A Coreia do Norte disse que o outro lado atirou primeiro, mas a marinha sul-coreana informou que os ataques teriam partido do país vizinho.

Em nota, o porta-voz de Ban disse que o incidente é um dos mais graves desde o fim da Guerra da Coreia em 1953.

Conselho de Segurança

O Secretário-Geral pediu moderação imediata e lamentou a perda de vidas.

Ban Ki-moon disse que todas as diferenças devem ser resolvidas por meios pacíficos e pelo diálogo.

Ainda em nota, ele expressou sua preocupação ao presidente do Conselho de Segurança da ONU.

Até o momento não se sabe se o órgão se reunirá, em sessão de emergência, para debater o assunto.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud