Ban diz que coragem de Suu Kyi é 'inspiração para muitos'
BR

13 novembro 2010

Secretário-Geral disse que tem profunda admiração pela ganhadora do Nobel da Paz, libertada neste sábado da prisão em Mianmar; ele lamentou que a líder da oposição tenha sido excluída de participar das eleições do último dia 7 no país asiático.

 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, divulgou uma nota expressando sua ‘profunda admiração' pela ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi. Ela foi libertada da prisão domiciliar em Mianmar, a antiga Birmânia, neste sábado.

Segundo Ban, Suu Kyi, que passou a maior parte dos últimos 20 anos presa pela Junta Militar que governa o país, "é uma fonte de inspiração para muitos no mundo pela sua dignidade e coragem perante à injustiça".

Reconciliação Nacional

Ele lamentou que a líder da oposição birmanesa tenha sido excluída de participar das eleições do último dia 7 no país.

Ban disse que espera que a libertação de Suu Kyi seja incondicional. Ele pediu ao governo birmanês que ponha em liberdade os demais prisioneiros políticos birmaneses.

O Secretário-Geral da ONU encerrou a nota dizendo que democracia e reconciliação nacional exigem que todos os cidadãos de Mianmar estejam livres para participar da vida política do país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud