Oficiais do Sudão fazem treinamento em direitos humanos

10 novembro 2010

Objetivo da formação foi informar os militares sobre os princípios e padrões dos direitos humanos básicos e da lei humanitária internacional.

João Duarte, da Rádio ONU em Londres.

O Escritório de Direitos Humanos da Missão da ONU no Sudão, Unmis, anunciou que 40 destacados oficiais do Exército de Libertação do Povo do Sudão, Spla, completaram uma formação de dois dias sobre o Estado de Direito e a promoção e defesa dos direitos humanos.

O treinamento terminou esta terça-feira e foi organizada em colaboração com a Comissão de Direitos Humanos do Sul do Sudão.

Padrões

O objetivo foi informar os oficiais sobre os princípios e padrões dos direitos humanos básicos, a lei humanitária internacional e o envolvimento dos militares com organizações da sociedade civil.

O vice-representante especial do Secretário-Geral da ONU para o Sudão, Jasbir Singh Lidder, encerrou os dois dias de formação elogiando a cooperação entre o Spla, a Unmis e a Comissão de Direitos Humanos do Sul do Sudão. O funcionário da ONU afirmou que o exército deveria servir de símbolo de disciplina para a sociedade.

Coordenação

O vice-diretor executivo da comissão, Vítor Lado apelou a uma melhor coordenação de esforços entre os vários actores de direitos humanos e instituições no sul do Sudão com vista a uma maior eficiência na promoção e proteção dos direitos humanos na região.

Falando em nome do Spla, o major general Tour Alier elogiou a crescente sensibilização do exército para questões de direitos humanos apelando aos participantes para partilharem os conhecimentos adquiridos.

Esta quarta-feira, 40 oficiais da polícia do sul do Sudão iniciaram uma formação idêntica de dois dias.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud