Oriente Médio terá Centro de Economia com apoio do FMI
BR

9 novembro 2010

Instituto deve abrir as portas em maio de 2011; países da Liga Árabe receberão treinamento técnico sob medida.

[caption id="attachment_173488" align="alignleft" width="175" caption="Treinamento sobre câmbio"]

Daniela Kresch, da Rádio ONU em Tel Aviv.

O Fundo Monetário Internacional, FMI, e o governo do Kuwait anunciaram uma parceria para a criação de um centro de treinamento para funcionários públicos dos 27 países da Liga Árabe.

O vice-diretor-adjunto do FMI, John Lipsky, e o ministro das Finanças do Kuwait, Mustafá Al-Shamali, assinaram no último sábado, dia 6 de novembro, um memorando de entendimento, estabelecendo o Centro de Economia e Finanças do Oriente Médio, CEF.

Implementação

A instituição, que deve ser inaugurada em maio de 2011 no Kuwait, oferecerá treinamento na formulação e implementação de políticas macroeconômicas e financeiras.

Da lista de cursos e seminários do CEF, constarão assuntos como políticas de ajuste macroeconômico, finanças públicas e setoriais, programação financeira, comércio, políticas de câmbio, estatística e supervisão bancária.

Decisão

Membros do FMI e do governo kwaitiano afirmaram que o centro terá um papel importante no desenvolvimento da capacidade de decisão e de implementação de políticas em todos os países da Liga Árabe.

A idéia é a de que o CEF convide organizações internacionais e regionais para ajudar no treinamento, passando aos alunos suas perspectivas em relação aos assuntos acima.

O centro será financiado pelo governo do Kuwait, com patrocínio de outros países e instituições.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud