Conflito forçou mais de 120 mil a fugir do Afeganistão (Português Brasil)

3 novembro 2010

Insegurança elevou número de deslocados internos em mais de 1/3 entre junho de 2009 a setembro deste ano; agora são pelo menos 319 mil em todo o país.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, informou que está preocupado com o aumento do número de deslocados internos por causa do conflito no país.

Segundo a agência, entre junho do ano passado e setembro deste ano, 120 mil pessoas foram obrigadas a fugir de suas casas no Afeganistão devido à violência.

Difícil Acesso

O número representa mais de 30% de aumento, elevando o total de deslocados internos para 319 mil.

O Acnur também alertou sobre a possibilidade de haver ainda mais deslocados, uma vez que os afegãos obrigados a fugir para áreas de difícil acesso no sul do país geralmente não são contados.

Além da violência, as levas foram provocadas por desastres naturais, especialmente enchentes, perda de fontes de sobrevivência e disputas por terra.

Para o Ministério de Refugiados e Repatriados do Afeganistão, o número de pessoas nessas condições chegaria a 500 mil.

O Acnur informou que irá distribuir roupas de inverno, cobertores e carvão para atender os deslocados que vivem no sul e no leste do país, onde a insegurança é maior e, por isso, há menos agentes de assistência humanitária.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud