Paineis “Guerra e Paz” de Portinari farão turnê internacional

1 novembro 2010

Pela primeira vez, a obra deixará a sede da ONU, que está em reformas, para ser restaurada e rodar o mundo antes de retornar a Nova York em 2013.

[caption id="attachment_174520" align="alignleft" width="175" caption="Painel Paz"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Projeto Portinari, que cuida do acervo do pintor Candido Portinari, informou que os paineis "Guerra e Paz" deverão deixar a sede da ONU ainda este mês para um período de restauro e exposição internacional.

Os paineis, um presente do Brasil às Nações Unidas, estão há mais de 50 anos no principal hall de entrada da Assembleia Geral em Nova York.

Projeto Portinari

Após um acordo com as Nações Unidas e três anos de planejamento, o presidente do Projeto Portinari, João Candido Portinari, explicou à Rádio ONU como será o trajeto internacional.

"Nós estamos planejando levar os paineis a Hiroshima, ao Museu da Paz em Hiroshima, estou articulando para que o prêmio Nobel da Paz em 2012, em Oslo, na Noruega seja entregue na frente dos paineis. E o terceiro lugar é o Cern, em Genebra, que é a ONU dos cientistas. Eu acho que isso tem uma força simbólica extraordinária", disse.

Os paineis também serão apresentados no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com visitação no período de 18 a 31 de dezembro de 2010. Foi ali que os mesmos foram inaugurados em 24 de fevereiro de 1956, com a presença do Presidente Juscelino Kubitschek.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud