Nações Unidas pedem a governos consenso para salvar espécies
BR

29 outubro 2010

Na Conferência sobre a Convenção da Biodiversidade em Nagoia, chefe do Pnuma, Achim Steiner, disse que o financiamento é um dos elementos-chave para mudar a situação atual.

[caption id="attachment_186974" align="alignleft" width="175" caption="Convenção da Biodiversidade"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O subsecretário-geral da ONU para o Meio Ambiente, Achim Steiner, disse que os governos precisam chegar a um consenso sobre medidas políticas e de financiamento para salvar as espécies e o planeta.

Steiner fez a afirmação durante a Conferência sobre Biodiversidade em Nagoia, no Japão.

Negócios Diretos

Segundo ele, o financiamnto público é um elemento-chave para mudar o atual quadro de proteção ambiental.

O chefe do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, disse que os governos devem estabelecer objetivos sociais e de desenvolvimento em negócios diretos.

Um dos participantes da conferência, o coordenador do Grupo Ambientalista do Rio Iguaçu, Giacomo Clausi, disse que a economia verde já é uma realidade.

‘Bolsa de Valores da Natureza'

"O mais importante hoje para a vida das pessoas, que estão muito na cidade, é entrar em contato com a natureza e se possível não só como recreação, mas com investimento. Você pode ter um retorno e manter sua área se valorizando como uma Bolsa de Valores da Natureza", disse.

A Conferência em Nagoia, que terminou nesta sexta-feira, reuniu 15 mil pessoas de 193 países.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud