Unesco forma força-tarefa sobre educação de crianças ciganas
BR

27 outubro 2010

Agência diz que povo Roma sofre, frequentemente, discriminação em escolas e fora delas; mais de 50% das crianças não conseguem terminar o ensino primário.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, realiza nesta quinta-feira uma reunião de dois dias para debater problemas sobre a educação de crianças ciganas.

Segundo a Unesco, o povo Roma enfrenta, muitas vezes, discriminação nas escolas o que impede que as crianças concluam seu ensino fundamental.

A agência da ONU tem uma força-tarefa para tratar do tema, conhecida como Itfer. O encontro ocorrerá no Conselho da Europa, com sede em Estrasburgo, na França.

10 Milhões de Integrantes

Os debates se concentraram desde o ensino pré-escolar passando a cursos profissionalizantes até a educação de adultos.

O povo Roma, na Europa, tem mais de 10 milhões de integrantes.

Cerca de 50% dos ciganos no continente não conseguem terminar o ensino primário.

De todos os povos europeus, os Roma são o que têm o maior risco de permanecerem numa situação de pobreza, baixos níveis de escolaridade e desemprego.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud