Missões da ONU debatem estabilização na África Ocidental

30 setembro 2010

Encontro em Dacar reitera apoio a eleições livres, transparentes e credíveis na sub-região; Guiné-Conacri e Côte d’Ivoire vão às urnas dentro em breve.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Missões de paz da ONU na África Ocidental prepararam planos para reforçar a estabilidade na região, onde eleições, tráfico de drogas e crime organizado são factores potenciais para a violência e insegurança.

Um encontro em Dacar, no Senegal, esta quarta-feira, presidido pelo representante de Ban Ki-moon na área, Said Djinit, reuniu altos funcionários das missões na Côte d'Ivoire, Guiné-Bissau, Libéria e Serra Leoa.

Colaboração

Um comunicado divulgado no final da reunião indica que as operações de paz das Nações Unidas decidiram reforçar a sua colaboração tendo em conta o agitado período eleitoral que se aproxima.

O texto afirma que as próximas eleições na Guiné Conacri e na Côte d'Ivoire podem afectar a estabilidade e ameaçar a paz social na região.

O encontro reiterou o apoio da ONU a processos eleitorais livres, transparentes e credíveis. Também apelou às autoridades nacionais, candidatos e seus apoiantes para fazerem tudo ao seu alance e evitarem violência durante o período das eleições.

Tráfico de Drogas

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, discutiu esta quinta-feira com o ministro marfinhense dos Negócios Estrangeiros, Bakary Fofana, as eleições do próximo mês na Côte d'Ivoire. O encontro decorreu à margem dos trabalhos da 65ª sessão da Assembleia-Geral.

A reunião de Dakar também abordou a questão do tráfico de drogas na sub-região e reiterou a sua ajuda aos países no combate ao flagelo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud