Cabo Verde diz que paridade de género é prioridade no país

29 setembro 2010

Em discurso à Assembleia-Geral, embaixador António Monteiro Lima revelou que mais de metade das pastas ministeriais do governo são ocupadas por mulheres; ele sublinhou também a importância do combate às alterações climáticas num país vulnerável e insular como Cabo Verde.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O embaixador de Cabo Verde junto às Nações Unidas, António Monteiro Lima, destacou os avanços feitos pelo país nos 35 anos de independência, particularmente na área de igualdade de género.

Num discurso à Assembleia-Geral, em Nova Iorque, esta terça-feira, Lima revelou que mais de metade das pastas ministeriais do governo são ocupadas por mulheres e que o país já atingiu a paridade de genéro nos ensinos primário e secundário.

Sociedade

Numa entrevista à Rádio ONU, o embaixador caboverdiano disse, contudo, que apesar dos progressos, ainda existe um longo caminho a percorrer.

"Estamos a progredir bastante sobre a problemática da mulher em Cabo Verde, mas ainda temos muito que fazer tendo em conta a violência que ainda existe contra mulheres. Constatamos também que a mulher na sociedade deve ser mais respeitada em Cabo Verde", afirmou.

António Monteiro Lima sublinhou também a importância do combate a mudanças climáticas num país vulnerável e insular como Cabo Verde.

Fundamental

"É fundamental lançar um apelo a todos para que possamos encarar muito seriamente esta problemática e que os financiamentos que todos estão à espera, nomeadamente os países africanos e os países insulares como o nosso, possam ser desbloqueados o mais rapidamente possível e possam contribuir para a adaptação e mitigação dos problemas em Cabo Verde e noutras nações", disse.

O embaixador de Cabo Verde destacou ainda progressos em todas as Metas do Milénio, afirmando por exemplo que desde a independência o rendimento per capita subiu quase 100%, atingindo actualmente cerca de US$ 3 mil dólares.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud