Entrevista: Malam Bacai Sanhá

25 setembro 2010

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanhá, disse à Assembleia Geral da ONU que os trágicos acontecimentos do ano passado que resultaram na morte do antigo presidente, Nino Veira e o chefe das forças armadas, general Tagmé, afectaram a imagem do país.

Sanhá pediu o apoio da comunidade internacional para o desenvolvimento sócio-económico da Guiné Bissau e para a reforma dos sectores de defesa e segurança.

No seu discurso, o presidente guineense reconheceu a existência de vários desafios, particularmente a contínua vulnerabilidade das fronteiras e fragilidades das instituições que permitiram o florescimento de actividades ilegais, como o narcotráfico.

Numa entrevista exclusiva à Rádio ONU, Malam Bacai Sanhá passou em revista as ideias chave da sua intervenção. Também abordou as relações de cooperação com outras nacões, incluindo o Brasil e Angola, a criação de uma força de estabilização e fez um balanço dos 37 anos de independência da Guiné-Bissau.

Oiça a entrevista.

Tempo Total: 21´15´´

Entrevista - Parte 1

Entrevista - Parte 2

Entrevista -Parte 3                                               

Entrevista - Parte 4

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud