Banco Mundial empresta US$ 200 milhões para o Bolsa Família
BR

20 setembro 2010

Segundo órgão, programa ajudou a tirar 20 milhões de pessoas da pobreza entre 2003 e 2009; segunda fase será usada com programas na área de educação e saúde; ministra do Desenvolvimento Social está na ONU para falar sobre o programa.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Banco Mundial liberou uma linha de crédito de US$ 200 milhões, o equivalente a R$ 340 milhões, para o programa de ação social Bolsa Família.

Num anúncio, na sexta-feira, o órgão disse que a quantia servirá para financiar iniciativas nas áreas de saúde e educação associadas ao projeto.

Pobreza

De acordo com o Banco Mundial, o Bolsa Família já ajudou a tirar 20 milhões de pessoas da pobreza.

Atualmente quase 13 milhões de famílias recebem o benefício.

O primeiro empréstimo do Banco Mundial para o programa, no valor de US$ 574 milhões, foi aprovado em 2004.

Vários Países

O Banco Mundial informou que o Brasil está exportando o know-how do Bolsa Família para vários países.

Segundo o gerente de projetos do Banco Mundial, Ian Waker, até mesmo a cidade de Nova York teria feito seu programa de transferência de dinheiro baseado no Bolsa Família.

Nesta segunda-feira, a ministra do Desenvolvimento Social, Márcia Lopes, participa da Cimeira das Metas do Milênio em Nova York, para falar sobre a aplicação do programa em todo o Brasil.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud